A prefeitura de Camaçari lançou o edital do processo seletivo simplificado pelo Regime Especial de Direito Administrativo (REDA) para seleção de profissionais na área da educação. No total, estão sendo ofertadas 121 vagas.

Agnaldo Silva / PMC

O destaque é que o edital contemplará a Educação Especial com cargos para transcritores do Sistema Braile (com 6 vagas na sede, 2 em Vila de Abrantes e 2 em Monte Gordo), cuidadora educacional (40 para sede, 5 em Vila de Abrantes e 5 em Monte Gordo) e intérprete de línguas de sinais (10 para sede, 3 em Vila de Abrantes e 3 em Monte Gordo).

As vagas ainda serão para coordenadores pedagógicos e professores de língua portuguesa, língua inglesa, ciências, geografia, educação artística, educação física, história, matemática e professores do ensino infantil e anos iniciais do ensino fundamental, tanto da sede quanto para região da Costa. Para esses cargos, serão disponibilizadas três vagas para cada cargo, sendo que uma para sede, uma para Vila de Abrantes e outra para Monte Gordo, além de cadastro reserva.

Há ainda 15 vagas para monitores musicais, distribuídos igualmente, entre: de cordas – violino, violoncelo e contrabaixo; flauta transversal e clarinete; metais e percussão – trompete, trombone, trompa, tuba, eufônio e percussão.

Detalhes

O processo seletivo é válido por um ano, prorrogável por mais um ano, e as inscrições acontecem até as 23h59 do dia 25 de março. O procedimento deverá ser realizado via internet, no site da Prefeitura de Camaçari, ou do site  https://www.chengyujd.com. O valor é de R$ 80,00 para professor e R$ 45,00 para os demais cargos.

A seleção será através de prova objetiva para todos os cargos, além de prova prática para os cargos de monitores musicais, intérprete de língua de sinais e transcritores do Sistema Braile.

Todos os cargos ainda receberão vale transporte e auxílio alimentação. Os salários variam entre R$ 1.220,97 e R$ 3.331,95, que para o cargo de professor ainda tem o acréscimo de 30% na regência de classe.

A prova objetiva está prevista para ocorrer no dia 14 de abril, as provas práticas no dia 27 do mesmo mês e o resultado deve sair no dia 3 de maio.

Agência Brasil / Arquivo.

Folha, em uma parceria com o Google, começou a oferecer assinatura grátis de um ano de sua versão digital a professores da rede pública de todo o país.

Após os 12 primeiros meses, a assinatura do docente ainda será renovada com um desconto automático e permanente de 33% em cima do valor cheio, o que hoje representaria o valor de R$ 19,99 ao mês.

O caminho para fazer a assinatura é bem simples. Basta ter uma conta do Google, como o Gmail, acessar o endereço www.assinefolha.com.br/professores e incluir três dados para identificação: o CPF, o nome da escola e o registro profissional do professor. 

PASSO A PASSO PARA ASSINATURA GRATUITA

1) Ter uma conta no Google, como o Gmail. O professor que ainda não a tiver terá o caminho para fazê-la no momento da assinatura —basta seguir as próximas etapas

2) Acessar o endereço www.assinefolha.com.br/professores

3) Incluir três dados para identificação: CPF, nome da escola e registro profissional do professor

4) Clicar em “Assine com o Google”, no lado esquerdo inferior da tela

Praia do Forte, Bahia

Será que foi para tirar o sarro da gente sergipana?

Neste domingo, 17, o Ministério do Turismo postou card em seus perfis oficiais “homenageando” Aracaju, capital de Sergipe, pelos seus 164 anos.

A foto postada na dita homenagem não é de Aracaju, é da Praia do Forte, na Bahia.

É provável que o Ministério do Turismo não saiba onde fica e nem conheça Sergipe.

A primeira rodada da segunda fase do Campeonato Sergipano foi finalizada na tarde e noite deste domingo (17) com dois jogos. No município de Nossa Senhora das Dores, o clube da casa recebeu o Sergipe, no estádio Ariston Azevedo.

O Dorense foi superior em campo e marcou o único gol do jogo na segunda etapa da partida. Após, cruzamento na área o zagueiro Rodrigues balançou as redes de cabeça e decretou a vitória para o touro do sertão por 1×0.

Dienes Celestino / FSF

Na capital, o Confiança enfrentou o Frei Paulistano. A partida foi marcada pelo encontro do técnico Betinho com o seu ex-clube. Com a bola rolando o time azulino marcou dois gols com Gustavinho e Rafael Vila. Mas, o Frei Paulistano conseguiu o empate com Luan e Matheus. Final de jogo, Confiança 2×2 Frei Paulistano.

A primeira rodada do Hexagonal teve início no sábado com o clássico entre Lagarto x Itabaiana, no município de Pedrinhas. O clube alviverde ganhou por 1×0 com gol do meia Jô.

O Hexagonal terá sequência na próxima quarta-feira (20) com o início da segunda rodada. Acompanhe os detalhes:

Quarta-feira (20/03)

15h30 – Lagarto x Confiança, estádio Roberto Silva, em Pedrinhas

20h30 – Itabaiana x Sergipe, arena Batistão, em Aracaju

sábado (23/03)

16h – Frei Paulistano x Dorense, estádio Titão, em Frei Paulo

O sorteio da escala de arbitragem para segunda rodada será realizado nesta segunda-feira (18). O evento acontece na sede da Federação Sergipana de Futebol (FSF) e será transmitido ao vivo nas redes sociais da entidade.

Camila Ramos / Alese (arquivo)

Nesta terça-feira, 19, a bancada federal mais próxima ao governo Bolsonaro definirá nomes para a direção de órgãos em Sergipe.

Como Bacará Ao Vivo informou, em primeira mão, o nome mais cotado para a Codevasf é o do ex-secretário de Estado de Infra-estrutura, Valmor Barbosa.

Valmor esteve em Brasília semana passada.

Na última sexta-feira, 15, a líder do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados, Joice Hasselmann (SP), esteve em Aracaju, onde discutiu com autoridades e empresários demandas de Sergipe.

Deputada federal mais votada do País nas eleições de 2018, Joice, antes do encontro em um hotel da Orla da Atalaia, concedeu entrevista a Gilmar Carvalho, ao vivo, no programa Cidade Alerta Sergipe, na TV Atalaia.

Durante a entrevista, a deputada convidou Gilmar para filiar-se ao PSL, partido liderado pelo presidente da República.

Marcelo Camargo / Agência Brasil

Depois, ao conversar rapidamente com Gilmar, no Hotel Radisson, Joice voltou a convidá-lo para ingressar no PSL.

Gilmar é filiado ao PSC, partido pelo qual foi reeleito em 2018 como o 4º deputado estadual mais votado de Sergipe.

Semana passada, o presidente de um dos maiores partidos de Sergipe convidou a Gilmar a filiar-se na legenda.

Na quarta-feira, um dos dirigentes de outro partido também perguntou a Gilmar sobre a possibilidade dele mudar de partido.

Gilmar já declarou que disputará a próxima eleição para prefeito de Aracaju.

Direto de Sergipe

Posted by Joice Hasselmann on Friday, March 15, 2019
Assessoria / Arquivo

O prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Padre Inaldo, foi convidado pelo ex-deputado Heleno Silva para trocar o PCdoB pelo PRB.

A pedra no caminho da mudança pode ser o governador Belivaldo Chagas (PSD).

Aliado do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), e ainda chateado com Heleno, que trocou o governo pela oposição nas eleições de 2018, quando foi derrotado para o Senado, o governador pode evitar a mudança de partido do prefeito de Socorro.

Belivaldo é aliado de Padre Inaldo.

Os hotéis têm o direito de cobrar a diária de 24 horas como valor mínimo, mesmo que o cliente fique menos que isso nas instalações.  A decisão é da da 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça, em ação movida pela Associação Nacional de Defesa da Cidadania e do Consumidor. 

A entidade alega que os horários de check-in e check-out dos hotéis administrados pela ITC Administração e Hotelaria, responsável pela administração do hotel Sheraton, em São Paulo, violam o Código de Defesa do Consumidor por prever a entrada às 15h e a saída ao meio-dia.

Os ministros discutiram um recurso especial da ITC Administração e Hotelaria contra acórdão do Tribunal de Justiça de São Paulo – que havia determinado à empresa o pagamento de indenização a consumidores relativa ao período não usufruído nas habitações.

A entidade solicitava não apenas a suspensão da cobrança da diária no valor completo, como também a restituição aos hóspedes do valor financeiro correspondente a essas três horas suprimidas.

No recurso especial, a rede hoteleira sustentou que a decisão do tribunal paulista violou artigos da Lei 11.771/2018 e do Código de Defesa do Consumidor ao fazer uma “aplicação irrestrita” do dispositivo legal “independentemente de sua razoabilidade, dos usos e costumes do setor hoteleiro e do conflito com outros direitos previstos pela legislação consumerista, como a segurança e a saúde do consumidor”.

Outro argumento foi o de que o “desconto equivalente a 1/24 por hora da diária entre o horário do check-in e do check-out” constitui ofensa ao Decreto 7.381/2010.

Freepik
Princípio da harmonização

Fabíola Meira, professora universitária e sócia coordenadora do Departamento de Relações de Consumo do Braga Nascimento e Zilio Advogados, afirma que a decisão está em consonância com o princípio da harmonização das relações de consumo, na medida em que o estabelecimento necessita de um período para efetuar a limpeza e demais procedimentos para recebimento do novo hóspede.

 “Além disso, é sabido que o hóspede, na maioria das vezes, pode utilizar todas as dependências do local, inclusive piscina, quadras, etc. A maioria dos hotéis permite o uso de áreas comuns, disponibiliza local para guarda de bagagens antes do check in e até mesmo após o check out, ou seja, não é proibida a entrada do hóspede no hotel. A ilicitude estaria no fato de o hotel não informar clara e previamente os horários de check in e check out ou não cumprir tais horários, atrasando a disponibilidade do quarto, por exemplo”, esclarece Fabíola.

Sylvie Boechat, coordenadora da área de Contencioso Cível Estratégico do Rayes & Fagundes Advogados, diz que quando hotéis e pousadas estabelecem que a primeira diária de hospedagem se inicie às 15 horas (check-in), fixando o horário de saída para 12h (check-out), não estão agindo abusivamente, nem roubando do cliente “três horas de uso” do quarto, em uma suposta afronta ao artigo 23, parágrafo 4º da Lei 11.771/2008. Entre a saída de um hóspede e a ocupação por outro, diversos serviços são realizados durante o período em questão, favorecendo o cliente que chega e o que sai, diz ela.

“O que desocupa a unidade, o pode fazer de forma tranquila, com tempo hábil para a verificação dos quartos, fechamento das contas e poderá contar com outros serviços eventualmente oferecidos, como o desfrute de depósito de bagagens, uso de serviços de rede móvel, permanência em bar e restaurante, etc., além de ser razoável se estabelecer um prazo que contemple situações de atraso na desocupação do cliente anterior.”

Marcos Oliveira / Agência Senado

A bancada do PT no Senado se reunirá nesta segunda-feira, 18, às 18h30, para discutir se apoia ou não a CPI da Lava Toga, proposta por Alessandro Vieira (PPS-SE).

Alessandrojá tem as 27 assinaturas necessárias para apresentar o requerimento, mas se comprometeu em aguardar a decisão de outros senadores.

Rogério Carvalho (PT) participará da reunião desta segunda-feira.

Pedro França / Agência Senado

Para a jornalista Denise Rothemburg, “o senador Alessandro Vieira pode esquecer a CPI da Lava Toga”.

Em sua coluna “Brasília-DF”, na edição deste domingo, 17, do Correio Brasiliense, o presidente do Senado “mantém a tendência de considerar o texto antirregimental” :

Sem CPI

O senador Alessandro Vieira pode esquecer a CPI da Lava Toga.

Apesar da pressão nas redes sociais, o presidente Davi Alcolumbre mantém a tendência de considerar o texto antirregimental, por se tratar de proposta que tenta influir na decisão de outro poder.

E sabe como é, depois de um almoço programado especialmente para distensionar a relação, não será a hora de provocar novo foco de tensão.