Divulgação

O carnaval já está chegando e a Prefeitura de Cumbe vai entrar na folia trazendo uma festança para toda população!

Olha só a programação que a prefeitura preparou para você folião:

Sábado 02 de março: 

10 h – Banda Colibri

12h –Jorge e Augusto

14h – Telãozinho

16h – Black Beach 

18h – Gilton Souza 

Domingo 03 de março: 

10h – Thayrys Santana 

12h – Banana Nativa

14h – Tchow Prime 

16h – Lorrane 

Segunda 04 de março: 

10h- OS3

12h – Tony Canabrava

14h – Tô Nessa 

16h –  Xica e banda ( arrastão) 

18h – Ciel Rodrigues 

Terça 05 de março: 

10h – Sweeay

12h – Luanzinho Moraes 

14h – Arte mania

Na sequência das ações da Operação Concorrência Leal, realizada na semana passada pela Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) em depósitos de bebidas, com o apoio do Departamento de Crimes contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap), da Polícia Civil; e da Companhia Fazendária, da Polícia Militar, equipes de auditores fiscais cumpriram ordens de serviço de fiscalização em quatro empresas distribuidoras de gêneros alimentícios e bebidas, entre outros produtos, com o objetivo de coibir qualquer tipo de irregularidade na prática da comercialização.

Submark / Sefaz

Nos estabelecimentos visitados, todos de grande porte, os fiscais iniciaram um trabalho detalhado de levantamento de dados e informações com o cruzamento do fluxo de comercialização, para averiguar se existem irregularidades. 

Segundo explicou o coordenador da operação, o auditor fiscal da Sefaz Alberto Mota, devido ao porte dos depósitos visitados o trabalho será minucioso e demorado, tendo em vista que o volume de mercadorias estocadas e comercializadas é muito grande. “O foco continua sendo bebidas alcoólicas fermentadas [cerveja] e refrigerantes. Porém, a operação de hoje também buscou averiguar a situação tributária de outros produtos”, afirmou.

O auditor comentou que os desdobramentos da operação da semana passada levam a outras situações que precisam ser checadas pela Sefaz, assim como auditorias relacionadas a outras áreas de atuação da secretaria também integram o leque de ações. “Temos trabalhado integrando as informações de resultados dos trabalhos de fiscalização e auditoria. Dessa forma, conseguimos agir de forma mais eficaz no combate à sonegação fiscal”, complementou Alberto Mota. 

Balanço ainda não pode ser fechado

Como afirmou o coordenador da Operação Concorrência Leal, os números finais do trabalho realizado na última quinta-feira, 21, ainda não têm como ser fechados, pois as irregularidades encontradas apontam para outras situações em que os auditores continuam contabilizando. “Aparentemente são depósitos de pequeno e médio porte, porém, o volume de vendas que realizam se equipara a grandes empresas. No caso desta realizada hoje, são empresas de grande porte, que possuem fornecedores semelhantes cujas práticas precisam ser investigadas com muita cautela. Por esse motivo consideramos que a ação da semana passada não foi finalizada”, explicou.

Jadilson Simões / Alese

Durante sessão plenária da Assembleia Legislativa de Sergipe, nesta quarta-feira, 27/2, o deputado estadual Gilmar Carvalho (PSC) pediu que o governador Belivaldo Chagas apresente em plenário as contas do Governo.

“Ao invés de nós deputados sermos recebidos pelo governador, sugiro que ele apresente aqui nesta Casa as contas do Governo, onde poderemos sabatiná-lo e tirar todas as dúvidas”.

Gilmar Carvalho, deputado estadual

O parlamentar aproveitou a oportunidade para fazer um apelo ao comandante do 7º Batalhão, Tenente-Coronel Flávio Arthur, sediado na cidade de Lagarto, que “não se afaste do comando, pois a polícia precisa do seu trabalho”.

O pedido de afastamento se deu em solidariedade a tropa que comanda em razão do desrespeito de um advogado contra os policiais militares sergipanos, chamando a todos de “vagabundos”.

Jadilson Simões / Alese

O governador Belivaldo Chagas (PSD), diante da crise que atinge o estado, decidiu receber dia 20 de março, no palácio de despachos, todos os deputados estaduais para uma conversa sobre a situação das contas públicas do Estado.

Segundo informações levantadas pelo Captain's Bounty, Belivaldo vai escancarar as contas do governo e se submeterá à sabatina para esclarecer dúvidas dos parlamentares.

Gilmar Carvalho pede que sabatina seja na Alese

O deputado estadual Gilmar Carvalho (PSC), em aparte concedido pelo deputado estadual Georgeo Passos (REDE), Gilmar falou sobre a decisão do governador Belivaldo Chagas de se reunir com os parlamentares para apresentar as contas públicas, no Palácio de Despachos. Por sua vez, Gilmar prefere que o encontro seja feito em Sessão Especial na Assembleia Legislativa.

O desemprego, medido pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), aumentou mais de 2% em Sergipe de 2017 para 2018, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Camila Domingues / Fotos Públicas

No Nordeste, recuaram as taxas no Piauí (de 12,9% para 12,8%), Ceará (de 12,6% para 11,3%), Rio Grande do Norte (de 14,5% para 13,6%), Paraíba (de 11,4% para 11,1%) e Pernambuco (de 17,7% para 16,7%). Na Bahia, a taxa permaneceu em 17%.

Em Sergipe o desemprego passou de 14,3% para 16,6%, em Alagoas de 16,7% para 17% e no Maranhão de 14,3% para 14,4%.

12 capitais têm maior taxa de desemprego em 7 anos

Doze capitais brasileiras tiveram uma taxa de desemprego recorde na média de 2018, desde que a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) começou a fazer o levantamento em 2012. Uma delas foi Macapá (18,2%), o maior nível de desemprego entre todas as 27 capitais.

Outras cidades da região Norte com taxa de desemprego recorde foram Porto Velho (13,7%) e Boa Vista (12,4%). O Nordeste, no entanto, concentrou a maior parte dessas capitais: Teresina (13,6%), João Pessoa (11,9%), Recife (16,3%), Maceió (16,7%) e Aracaju (16,4%).

Também tiveram o maior percentual em sete anos o Rio de Janeiro (12,6%), Vitória (12,5%), São Paulo (14,2%) e Porto Alegre (9,5%).

Os dados da Pnad foram divulgados hoje (22), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

A pesquisa mostra ainda que Florianópolis e Campo Grande foram as capitais que tiveram as menores taxas médias de desemprego em 2018, inferiores a 7%. Na capital catarinense, 6,5%, já em Campo Grande, 6,6%.

Também registraram percentuais abaixo da média nacional, de 12,3%, Goiânia (7%), Curitiba (9,4%), Cuiabá (10%) e Fortaleza (10,8%), além de Porto Alegre e João Pessoa.

O Ministério Público Federal promoveu o arquivamento do inquérito policial instaurado para apurar o acidente aéreo que vitimou o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos e mais seis pessoas, em Santos (SP), em agosto de 2014. Apesar das diversas perícias e diligências realizadas pela Polícia Federal, não foi possível determinar a causa exata da queda da aeronave, tampouco definir os responsáveis por eventuais crimes cometidos. Campos era candidato à Presidência da República e viajava para cumprir agenda de campanha quando o avião caiu.

Arquivo

A impossibilidade de elucidação do caso se deu essencialmente pela inoperância ou ausência de equipamentos na cabine de comando. O gravador de vozes, que poderia registrar diálogos ocorridos no momento do acidente, de modo a esclarecer eventual falha mecânica ou humana, não estava funcionando. Apesar de obrigatório em aeronaves daquele tipo, o dispositivo havia realizado a última gravação em janeiro de 2013, mais de um ano antes do desastre.

A falta de gravador de dados de voo também interferiu negativamente no andamento das investigações. Atualmente, a instalação do equipamento não é exigida pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) em aviões de pequeno porte como a que levava o ex-governador. “Infelizmente, em razão da inexistência de meios técnicos, é provável que nunca saibamos o que ocorreu com a aeronave em seus últimos instantes e que acabou por determinar sua queda”, lamenta o procurador da República Thiago Lacerda Nobre, responsável pelo caso.

Tais circunstâncias levaram o MPF a recomendar à Anac mudanças na fiscalização e no registro de dados dos aviões, com o objetivo de prevenir outros desastres aéreos e evitar que tais falhas novamente dificultem a investigação de acidentes que possam ocorrer. A agência deverá, por exemplo, fiscalizar a manutenção e o funcionamento regular do gravador de vozes, bem como reavaliar a falta de obrigatoriedade do gravador de dados em aeronaves com aquelas características. Além disso, o MPF expediu recomendações à Base Aérea de Santos e ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), para que adotem melhores práticas a fim de viabilizar investigações policiais mais céleres e efetivas em eventuais futuros acidentes aéreos.

CAUSAS 

Segundo as investigações, quatro hipóteses podem ser consideradas entre as prováveis causas da queda do avião que transportava Eduardo Campos: colisão com um elemento externo, desorientação espacial, falha de profundor e falha de compensador de profundor. A apuração concluiu que tais suspeitas não são necessariamente excludentes e podem ter ocorrido até de forma combinada. Mas, apesar de não descartáveis, as quatro hipóteses indicadas não puderam ser comprovadas ou ter sua probabilidade quantificada.

Ao promover o arquivamento, o procurador explicou que, para que houvesse a responsabilização penal, era preciso a exata definição dos responsáveis, não bastando indícios genéricos de autoria e materialidade. “Verificando-se que as perícias e diligências realizadas concluíram que a causa do acidente poderia ser uma dentre as diversas arroladas no relatório policial, não sendo possível, entretanto, definir qual delas foi capaz, por si só, de ceifar a vida dos tripulantes da aeronave, o arquivamento é medida que se impõe”.

A íntegra do inquérito policial foi juntada aos autos do procedimento cível instaurado pelo MPF para apurar o desastre aéreo envolvendo o ex-governador Eduardo Campos (1.34.012.000576/2014-16) e embasou a expedição das recomendações a Anac, Cenipa e Base Aérea de Santos, no início de fevereiro deste ano. A cópia da investigação será disponibilizada para que as vítimas comprovadamente qualificadas ingressem individualmente com eventuais medidas judiciais que julgarem cabíveis, em face dos possíveis responsáveis na esfera cível, para ressarcimento dos prejuízos sofridos. As vítimas poderão utilizar os elementos colhidos na investigação para embasar suas ações indenizatórias.

Leia a íntegra da promoção de arquivamento do inquérito policial nº 0505/2014. O número dos autos na Justiça Federal é 0006232-39.2014-403.6104.

Divulgação

Nesta quinta-feira, 28, a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), fará uma coletiva com representantes da Polícia Militar. da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros Militar sobre o planejamento operacional das instituições para o carnaval 2019.

Nos últimos dias, os órgãos estavam ajustando o efetivo disponível para emprego, a partir das confirmações e autorizações de festas em todas as regiões do estado sergipano.

A coletiva para detalhar as ações será realizada às 8h30 na sala de imprensa da sede da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Ascom SSP/SE), que fica em frente à praça Tobias Barreto, no Bairro São José.

Arquivo

A história de um menino que construiu uma das mais bonitas e consistentes obras sociais de Sergipe vai para a telinha.

Dia 9 de março, estreia no Teatro Purificação, a história de Almir do Picolé, o menino abandonado, a compra do terreno na Piabeta, em Nossa Senhora do Socorro, para construiu a creche.

Ingressos podem ser adquiridos através do telefone 99822-6079.

Na tarde desta terça-feira (26), aconteceu na sede do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) a posse do Des. Cezário Siqueira Neto, membro substituto na classe dos desembargadores. O magistrado atuará durante o biênio 2019-2021.

TRE / Assessoria

Durante a posse, o desembargador, que já ocupou a presidência do TRE-SE, elogiou a assessoria do órgão e celebrou integrar, mais uma vez, a Corte.

O presidente do TRE-SE, Des. José dos Anjos, após assinar o termo de posse, deu as boas-vindas ao mais novo integrante da Corte e colocou-se à disposição. “Também é uma satisfação do Tribunal empossá-lo. Esperamos que juntos possamos desenvolver um bom trabalho”, declarou.

Na posse, estiveram presentes: o diretor do Tribunal, Rubens Lisboa; o assessor de comunicação do TRE-SE, Ricardo Augusto Ferreira Ribeiro e a assessora dos juízes- membros, Alessandra Santos Cerqueira.

Currículo

O desembargador Cezário Siqueira Neto nasceu na cidade de Propriá-SE em 12 de março de 1961. Formou-se em Direito pela Universidade Federal de Sergipe. Atualmente é magistrado do Poder Judiciário e tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Privado.

Iniciou a carreira como assessor de desembargador no TJSE, até ser aprovado em concurso para promotor de Justiça, em 1988. No ano seguinte, obteve aprovação em concurso para juiz, vindo a exercer os primeiros cinco anos de magistrado na Comarca de Boquim.

Em agosto de 1995, passou a ser juiz titular da 6ª Vara Cível da Comarca de Aracaju. Foi elevado ao cargo de desembargador pelo critério de merecimento, tendo tomado posse no dia 12 de dezembro de 2005. Presidiu o Tribunal de Justiça de Sergipe durante o biênio 2017-2019.

Pixabay

O G1, portal de notícias da Globo, apresenta números de crimes violentos praticado em todos os Estados e no Distrito Federal em 2017 e 2018.

Em se comparando com 2018 com 2017, a maior redução foi registrada no Estado de Pernambuco, 23,2%.

Sergipe aparece em 9º lugar, com redução de 17%.

Em situação melhor que a de Sergipe, estão Pernambuco, Alagoas, Santa Catarina, Acre, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul.

Veja o levantamento completo